the land of confusion

Sem arrependimento

"Quando me quiseres de verdade, já não vou estar aqui para ti"..
Já vi tantas vezes esta frase em contextos tão diferentes, e sem ter noção começei a pensar que talvez esta frase seja uma verdade absoluta.
A ilusão é a primeira etapa, a mentira vai-se propagando até fingir ser algo sincero. Mas quando reparamos nisso, já é tarde demais para voltar atrás e só nos resta uma opção inevitável: sofrer.
Os dias passados, vieram baseando-se num só ser, na junção de dois sentimentos e todas as manhãs seguintes o amor foi desaparecendo com o fumo perdendo-se no ar, agora que me lembro de todos os momentos obtenho diferentes respostas apercebi-me que a bvida é demasiado curta para um só romance e o erro foi deixar tudo para continuar a acreditar numa fantasia.
O meu coração foi totalmente despedaçado, eu esperei por ti todo este tempo, eu rendi-me ao meu próprio sentimento, eu chorei por ti! Declarei-me com tudo de mim, mesmo hoje sem arrenpendimento eu choro por ti, por meses eu pensei que nós fossemos como o Romeu e a Julieta numa história de encantar.
Foste tudo o que percisei, foste tudo o que amei e hoje tu desiludiste-me tanto. Pensei que fosses totalemnte diferente de todos, fosses "aquele". Fizeste-me sonhar e imaginar o inmaginável.
Tenho tantas saudades de te puder beijar, abraçar, sentir-te, ouvir-te.. São as saudades, apenas saudades que vão conduzir-te a uma memória. Fecha os olhos, ouve uma música e deixa-a invadir a tua alma, chora por teres tido alguém e de te teres revelado forte e não chores por arrependimento ou culpa.

1 comentário:

Mariana disse...

adorei soraya.. acho q se de facto te sentes bem a escrever deves continuar ..tens imensa imaginaçao, escreves bem =)
AMO-TE SEMPRE!@

stuffs