the land of confusion

the fragile

A minha fragilidade consegue sempre surpreender-me.
Todos os gestos que executo, todos eles trazem-te de volta a mim, aos meus braços, aos meus lábios, aos meus olhos, à minha cabeça...
Sinto falta do calor do teu amasso, da tua palavra apaziguadora, da tua presença intensa no meu quotidiano. A verdade, é que continuo a sentir a tua falta. Continuo a ter saudades tuas. Continuas a ser dono, exclusivo, dos meus pensamentos.
Cada linha que me escreveste, parecia ser tão real, tão sincera, tão executável... e de um momento para o outro, tudo mudou.
Todos me dizem, que nunca foste o ideal para mim.
Eu por cima de todos, disse em voz bem alta, que tu sempre foste o melhor de mim. Sempre.

1 comentário:

Liliana disse...

"Eu por cima de todos, disse em voz bem alta, que tu sempre foste o melhor de mim." lindo

stuffs